PROJETO CÃES DOUTORES NO CENTRO DE REABILITAÇÃO DO IMIP É DESTAQUE NA IMPRENSA

Na última sexta-feira (10), uma forma diferente de tratamento para os pacientes do Centro de Reabilitação do IMIP foi destaque no programa Bom Dia Pernambuco da Rede Globo. Crianças e adolescentes que têm algum problema motor realizam as atividades de reabilitação com a ajuda do projeto Cães Doutores, do Kennel Club de Pernambuco.


A ação é desenvolvida no hospital há três anos. A terapeuta ocupacional do IMIP, Marina Queiroz, destaca a importância da cinoterapia, terapia que utiliza cães, para o desenvolvimento dos pacientes.

Essas crianças têm dificuldades de participar das atividades e os cães são agentes motivadores. Elas formam um vínculo maior com o terapeuta e as crianças que não permitem o toque, passam a permiti-lo a partir dessa terapia”, explicou.

Os cães passam por uma avaliação de temperamento por profissionais e, a partir daí, recebem o treinamento adequado para participarem da cinoterapia. 
A mãe de Luiza de Souza, Amanda Justino, ficou impressionada com a resposta positiva da filha. "Foi a primeira vez que ela teve contato com os cachorros e foi maravilhoso", contou a mãe, esperançosa com a evolução da filha. 

Obrigado Circo Irmãos Power.



Arte da divulgação do espetáculo


O Vice Presidente da Entidade Ricardo Gomes falou sobre a importância 
da AADESC e pediu que o Público conhecesse a entidade .





Equipe do Circo, Representantes da AADESC e Também estava presente
Hamilton França( Palhaço Pitombinha )





No último dia 29 de Dezembro, O circo Irmão Power promoveu um Espetáculo em Prol da AADESC, onde 50% da bilheteria foi destinada a entidade que vem a 25 anos fazendo tratamento de crianças com Vários tipos de Deficiência, entidade essa que é mantida por doações de sócios contribuintes e através de Campanhas promovidas pela entidade e Parceiros.

Nós que fazemos a AADESC agrdacemos mais uma vez
 ao Circo Irmãos Power e também a todo Público presente, 
e que Deus os acompanhe por onde andarem.



Espetáculo da Solidariedade


A AADESC convida você pra mais um evento que irá beneficiar nossas crianças com a sua ajuda, será nesta quinta feira 29/12, ás 20 hs no Circo Irmãos Power que está instalado em Santa Cruz, 50% da renda da bilheteria será destinada para a Entidade que há 25 anos presta serviços para crianças Deficientes de nossa cidade e Região de 0 á 14 anos, então venha fazer sua parte e mais uma vez ajudar nossa criançada, contamos com sua presença !!!

É NAS DIFERENÇAS QUE SOMOS IGUAIS !!!

Morre nosso pequeno Pedrinho .


Faleceu na madrugada do último dia 25/12 ás 2:00 hs da Madrugada na Zona Rural de Taquaritinga do Norte, o menino José Pedro da Silva, conhecido Pedrinho, com apenas 9 anos. Ele tinha ‘epidermólise bolhosa’, doença grave, caracterizada pela forte sensibilidade na pele e nas mucosas.
Para quem tem a doença, atividades simples como trocar de roupas ou sapatos pode provocar as lesões.  As queimaduras também atingem o corpo de forma internamente. Pedrinho tinha graves complicações e não conseguia ingerir alimentos sólidos.
De acordo com familiares, a criança passou mal durante a madrugada e faleceu antes mesmo de chegar ao hospital.
Ele ainda foi levado à cidade de Vertentes, mas já chegou sem vida. A causa específica da morte ainda não foi divulgada.
Velório e enterro em Taquaritinga
O seu velório aconteceu no Sítio Juá até às 14h30, de onde foi levado para o velório Miunicipal da sede de Taquaritinga do Norte. Na Dália da Serra o corpo foi sepultado às 17h, no Cemitério local daquela cidade.

Nós que Fazemos a aadesc prestamos nossa solidariedade a toda a familia, entidade da qual Pedrinho chegou a fazer tratamentos de saúde .
Junte-se a Nós nessa Corrente do Bem  !!

 A AADESC esteve presente na reunião do Conselho Municipal de Saúde.

Projeto brasileiro coloca crianças deficientes em cenários de seus sonhos
É daqueles projetos que nos obriga a pensar duas vezes antes de reclamar da vida. Estas crianças nasceram com algum tipo de deficiência física, são cadeirantes e, pelo menos por um dia, estiveram onde mais gostariam de estar.
As belíssimas imagens foram captadas por João Fábio Matheasi, fotógrafo de 29 anos, de Andradas, no sul de Minas Gerais. Os cenários cuidados e as expressões de felicidade de Luizinho, Luiz, Vivi, Pri, Núbia e Nara carregam o projeto de emoção. Veja as fotos: